terça-feira, 25 de dezembro de 2007

CHAPLIN E BOGART

Como grande amante de cinema hoje tinha que recordar dois gigantes da sétima arte:


O eterno vagabundo que nos deixou há 30 anos...



E aquele que é, para mim, o eterno gangster que faria hoje 108 anos.



Fighting Man, Bogart com Ian Guillan:



3 comentários:

Always disse...

Completamente a despropósito, deixo-te aqui os meus votos de Feliz Natal! Chaplin é uma recordação de infância que enchia de alegria os meus natais de criança e Bogart, uma referência, um estilo único inimitável - um dos meus homens preferidos de sempre!

Um abraço e continuação de boas festas!

gitas disse...

Gostpo de Chaplin, mas a minha paixão vai para Bogart:)
Beijos
gitas

Special K disse...

Minhas amigas o Bogart é para mim um dos maiores monstros do cinema. Ou pela voz nasalada ou por aquele charme cínico, não sei... Sei que foi um dos melhores de sempre.

Beijinhos às duas e obrigado pelos comentários.