quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

AOS MEUS AMORES

Mar onde se esvai o meu corpo
Até se tornar em mar ele também

Pois sim está bem já sei de cor
Do vinho a cor o cintilar
De rio carmim manso torpor
Macio morrendo no imenso mar

Mar onde se esvai o meu corpo
Até se tornar em mar ele também

Pois sim está bem já sei de cor
Do amor a cor o cintilar
De rio carmim manso torpor
Macio morrendo no imenso mar

Mar onde se esvai o meu corpo
Até se tornar em mar ele também

Perdida por cem
Perdida por mil
Bebo aos meus amores

Pois sim está bem já sei de cor
Também bebi até me embriagar
Perdi de mim a noção do ser
Um rio morrendo no imenso mar

Mar onde se esvai o meu corpo
Até se tornar mar ele também

Letra: Pedro Malaquias
Música: Flak
Rádio Macau, "O Elevador da Glória" 1987
Foto: Paulo Madeira, Olhares.com

8 comentários:

Paulo disse...

O Paulo Madeira tem fotos incríveis e de uma sensualidade mágica. Já o tinha descoberto no Olhares. A música é altamente viciante, um vício bom.

Special K disse...

O próprio site é viciante, vou lá muitas vezes roubar fotos.
Os Rádio Macau foram uma das minhas bandas preferidas dos anos 80, foi pena terem parado durante muito tempo. Ainda são uma grande banda ao vivo.
Um abraço.

gitas disse...

É linda esta música e a foto fantástica!:)
Beijos
gitas

Paulo disse...

O Olhares é viciante, de facto. Já lá tive algumas fotos, mas achei que nem valia a pena manter a coisa. Agora, ponho algumas no blogue e pronto. Nunca vi os Rádio Macau ao vivo, novamente mea culpa :)... há tanto coisa de que preciso de me redimir! Outro abraço special

Special K disse...

Paulo: Vi muitos durante os anos 80. Quando regressaram, foi o meu concerto de estreia aqui pertinho no Olga Cadaval em Sintra. Quanto às fotos fico-me pelos blogues e pelo Hi5.
Um abraço.

Special K disse...

Gitas, é mesmo uma das minhas preferidas da banda da Xana e do Flak.
Bjks

pinguim disse...

O Olhares é o meu site preferido de fotos e muitas das que ponho no blog, são de lá.
Abraço.

Special K disse...

Pinguim:
Depois do Flickr, que nem sei se ainda existe, foi o segundo site de fotos que conheci e continua entre os meus preferidos. Como já disse é onde roubo mais fotos.
Um abraço