quarta-feira, 19 de março de 2008

PAIXÃO NUA


A paixão nua e cega dos estios
Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen
"O Nome das Coisas"
Imagem: Phosphorus and Hesperus, Evelyn De Morgan

9 comentários:

pinguim disse...

Foto belìssima, e Sophia é Sophia...
Abraço.

Special K disse...

Pinguim: Simples, mas pleno de significado. Grande Sophia!
Um abraço.

gitas disse...

Belíssimo post! Parabéns:)
Beijos

Luis disse...

Gosto muitíssimo desta imagem, que é de uma enorme beleza, de uma suave subtileza... Poderás apresentar-nos mais, chegadas a poemas da Sophia ou outros?... Abc,

Paracletus disse...

Uma belíssima imagem, não haja dúvida! Evoca a pureza da Grécia Antiga.
E o poema de Sophia de Mello Breyner foi bem escolhido!

Special K disse...

Obrigado Gitas.
Bjks

Luís: Só não ponho mais poemas porque já o faço noutras paragens. No dia 19 terei todo o prazer de te dar o endereço. Aliás podemos trocar pois eu quero conhecer esse teu outro blogue.
Um abraço.

Special K disse...

Paracletus: A imagem acho que nem é muito conhecida, vi-a na capa do livro da Rosa Lobato Faria, fiquei curioso e fui à procura.
Achei que combinava bem com o poema.
Um abraço

Noivo disse...

simples e no entanto sublime!

Special K disse...

Noivo: às vezes as coisas simples são as melhores.
Um abraço.