quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

ADEUS CARNAVAL

Pieter Brueghel, o Velho
Combate entre o Carnaval e a Quaresma (1559)


Acabaram-se os excessos do carnaval, vêm aí os rigores da quaresma. Este deveria ser um tempo de rigor, abstinência, jejum e oração, um pouco à semelhança do Ramadão islâmico.

Herege como eu sou, vou ter que suportar a minha quaresma durante mais um mês.

9 comentários:

lua ( disse...

ò meu amigo, uns fazem jejum porque querem, outros porque são obrigados!!!!
As tuas melhoras :)

beijinhoossss

gitas disse...

Eu não faço:)
Beijos

pinguim disse...

As "quaresmas" particulares de cada um são para cumprir, caro amigo, pois algo importante as determina; quanto à outra, à do Catolicismo, a mim, como católico não praticante, passa-me desapercebida; este ano nem por isso pois acaba no dia do meu aniversário, que calha no domingo de Páscoa.
Abraço.

brother_cub disse...

ehehe aqui nas canarias o carnaval dura o mes todo... onde moro o carnaval so começa dia 10 e acaba dia 18;) sim eu sei nao e para todos... é so para quem merece;P

Special K disse...

Lua:
O meu jejum é mesmo forçado mas depois arranjo maneira de me vingar.
Beijocas.

Special K disse...

Gitas:
Eu também não faço, pelo menos por motivos religiosos.
Beijocas.

Special K disse...

Pinguim:
Meu amigo a minha é bem particular. Apesar de já estar recuperado fisicamente ainda tenho que que ter alguma moderação na alimentação e, pior que isso, no sexo.
Um abraço.

Special K disse...

Meu caro Brother_cub fiz uma pequena pesquisa sobre o carnaval no mundo e reparei que em algumas zonas de Espanha é vivido com bastante intensidade.
Um abraço e boas folias.

Paulo disse...

Upss, moderação no sexo? isso é mais que quaresma e ramadão, bolas!
As melhoras que não poder comer não tem piada nenhuma!
Abraço