quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

WORLD PRESS PHOTO

Um casal homossexual espera por assistência depois de uma agressão homofóbica em Budapeste.
2º lugar na categoria Questões Contemporaneas do World Press Photo.
Fotografia de Zsolt Szigetváry

8 comentários:

gitas disse...

a fotografia mostra a brutalidade homofóbica!
Beijos

Paulo disse...

Impressionou-me a fotografia. Entristeceu-me. O olhar frontal e demandante do homem com o braço estendido e a mão aberta a dizer "o que é que eu fiz de errado?" e o olhar lateral do outro homem "que mundo é este?", com um braço que agarra e o outro que afaga.
Há uma certa passividade, falência de forças e entendimento.
À brutalidade homofóbica sobrevive, sobrepõe-se o afecto. Valha isso que este mundo devia ser muito melhor, para todos!

Special K disse...

Gitas:
E que brutalidade.
Bjks

Special K disse...

Paulo:
A fotografia é mesmo impressionante e o que mais me toca é mesmo o olhar do homem que parece mesmo perguntar-se "o que é que fiz de errado?".
Um abraço.

socrates dasilva disse...

é uma fotografia que toca onde ás vezes as palavras não chegam...
abraço

Special K disse...

Socrates da Silva:
E é bem verdade.
Um abraço.

pinguim disse...

Bela foto de um triste acontecimento.
Abraço.

Special K disse...

Pinguim:
Mais que triste é revoltante.
Um abraço.