sábado, 7 de julho de 2007

O PORTO PRIDE E O LIVE EARTH NO 07.07.07


O sete sempre foi um número carregado de simbolismo:
Segundo o antigo testamento Deus criou o mundo em sete dias.
Uma semana tem sete dias.
Os pecados mortais são sete.
Foram sete as pragas do Egipto.
Eram sete as maravilhas da antiguidade.
Tanto na mitologia Egípcia como na judaico-cristã o sete é um número místico. Creio que também tem um significado especial para a maçonaria mas isso já vai além dos meus conhecimentos.

Tudo isto para dizer que hoje é o dia dos três setes: 07.07.07.
Não sei se foi intencional, mas esta foi a data escolhida para alguns grandes eventos em Portugal:
A Gala das 7 Maravilhas, evento que me está a passar ao lado, amanhã leio no Público.
O Live Earth que estou a acompanhar pela internet.
E o Porto Pride.

Quanto ao Live Earth já vi excelentes concertos de Metallica, Foo Fighters e Madonna. Neste momento toca em Nova Iorque a grande Melissa Eteridge, lembram-se daquele beijo na cerimónia dos Óscares?

Quanto ao Porto, parece que cerca houve cerca de duas centenas de pessoas a participar na marcha, alguns desfilaram de máscara. Não conheço bem a realidade da invicta mas pelo que vem no Público o Porto é ainda mais homófobo que Lisboa, o que infelizmente, não é surpresa nenhuma.
Os meus parabéns ao Rui Reininho por aceitar dar a cara pelo Porto Pride.

Este post é então dedicado à "inbicta" com três alguns dos seus melhores músicos: Os GNR, com o meu ídolo Sérgio Godinho e as Vozes da Rádio.

5 comentários:

gitas disse...

lol, vou-te roubar este vídeo que está delicioso:)
Quanto ao Rui Reininho não me surpreende que ele dê a cara pois é gay:)
Onde estás a ver os concertos na net?
Beijos

RIC disse...

... Sendo ou não sendo, o que me é indiferente (não tenho nada com isso!), a verdade é que é uma figura pública do Porto que deu a cara pela causa. Não será obra de valentia, mas pouco também não é!
Quanto ás 7 Maravilhas - as nossas e as do Mundo - vou ter de ir aos arquivos... Acho que votei em... Setembro... Já nem me lembro bem em quais...
E li algo que me incomodou: o Live Earth equivaleu a uma emissão de CO2 de vários milhares de toneladas... Assim não vamos lá...
Também vi alguns momentos do concerto durante o dia: gostei de algum revivalismo (por exemplo, uma canção do Cat Stevens/Yusuf que eu já não ouvia há séculos!...)
Um abraço! :-)

Special K disse...

Eu não sei se ele é gay ou não, acho que ele é casado mas eu sei e de que maneira que isso não quer dizer nada. não deixa de ser uma figura pública a dar a cara o que é raro neste país.
Por acaso não vi o Cat Stevens, perdi-me um pouco entre tantos concertos. E espero ainda ver o Sérgio Godinho num daqueles enlatados da RTP.

RIC disse...

Já deves ter reparado: acho o máximo que se refiram/nos refiramos a pessoas por etiquetas! Passo-me!
«Aquele é gay!» Ponto final. E as pessoas que fazem estas afirmações parecem estar na posse da totalidade do conhecimento sobre aquela pessoa... Por que carga de água?! Saberei eu mais sobre qualquer ser humano se souber que ele se mete na cama com homens ou com mulheres ou com homens e com mulheres?...
Pelos olímpicos deuses que alto moram! Quanto caminho ainda a percorrer!...
Abraço!

gitas disse...

Ric que isso é para mim, tem uma volta na ponta.
Escrevi a brincar sem qualquer preconceito.
Como o Special escreveu há muito senhor casado gay, conheço-os, tal como a elas.
Só falei do RR porque era ele que estava em causa.