segunda-feira, 9 de junho de 2008

A VIDA AO CONTRÁRIO


Eu quero viver a minha próxima vida ao contrário: Começo morto e livro-me
disso.
Depois acordo num lar para a terceira idade, sentindo-me melhor cada dia que passa.
A seguir sou expulso, por estar demasiadamente saudável.
Gozo a minha reforma e recebo a minha pensão de velhice.
Então, quando começo a trabalhar, recebo um relógio em ouro como presente
logo no primeiro dia.
Trabalho 40 anos, até ser demasiadamente novo para trabalhar.
Vou para o liceu e bebo álcool, vou a festas e sou promíscuo.
Depois vou para a escola primária, brinco e não tenho responsabilidades.
Transformo-me então num bébé e passo os últimos 9 meses a flutuar pacífica e
luxuosamente, em condições equivalentes a um spa, com ar condicionado,
serviço de quartos entregue por cabo, e depois...
Acabo num grande orgasmo.

Recebido por email

19 comentários:

Catatau disse...

Ah ah ah ah ah... Está lindo!

(Nã, nã... não acabas num orgasmo, acabas a saltitar de tim-tim, para tim-tim. ;D )

Special K disse...

Pois é Catatau, até já estou a pensar em treinar paraquedismo :)
Um abraço

gitas disse...

Gargalhadas, está delicioso.lololol:)
Beijos

Estrelaminha disse...

bom dia!
fantástico!!
é bom começar a semana com uma destas. ;-)
bjs

disse...

Excelente ideia. Obrigado pela partilha. Abraço.

Luis disse...

O mundo... ao contrário?! Obrigado pela partilha de tão imaginativa visão da vida! Abc,

Special K disse...

Est� mesmo uma del�cia, obrigado Gitas.
Bjks

Estrela Minha: � assim fico feliz por alegrar o dia �s pessoas.
Bjks

Z� Eu � que agrade�o pelocoment�rio.
Um abra�o.

luis: De certa maneira a velhice � uma esp�cie de regresso � inf�ncia; voltamos a usar fralda e a fazer disparates e birras.
Um abra�o.

Arion disse...

Naaaa, gosto mais das coisas por esta ordem...

Special K disse...

Arion, afinal é esta a ordem natural das coisas.
Um abraço

Socrates daSilva disse...

Está bem pensado, sim senhor!
Fosse a vida como queriamos e quantas coisas seriam diferentes.
(não sei se para melhor ou pior!)
Abraço

Paracletus disse...

Uma interessante regressão, bastante freudiana, por sinal... ;)

Special K disse...

Sócrates, o problema deste esquema é que saberia como seria o fim. Pelo menos saberia que era agradável.
Um abraço.

Paracletus: Não pensei nisso mas tens razão, é bastante freudiana.
Um abraço

Memory disse...

lolololololol...é uma grande ideia esta......de certeza que a vida era muito mais cool....

Beijos

Special K disse...

Memory: Sinceramente, não sei se teria muita piada saber tudo o que me ia acontecer.
Um Beijo

Inha disse...

Há muito pouco tempo assisti, em França, a uma peça de teatro, onde uma das cenas era exactamente este (mais completo e trabalhado) texto. Agora fiquei surpreendida! Não me lembro do autor, mas acho que é francês. Adorei esta visão da nossa existência..sempre é mais inspiradora!!
Beijocas

Special K disse...

Inha: Inspiradora talvez, mas como digo no comentário anterior não gostaria de saber como vou acabar, nem que fosse mesmo num orgasmo.
Bjks

Special K disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Keratina disse...

Ora aqui está uma visão interessante do rumo que poderia ser a vida!

Special K disse...

Interessante ou pelo menos alternativa.
Obrigado pela maratona de comentários. Pelos vistos tu e o Paulo estiveram a por os blogues em dia.
Um beijo