quinta-feira, 29 de maio de 2008

A MINHA QUARTA-FEIRA


Quarta-feira à tarde fui finalmente ver o novo Indiana Jones. Apesar de fraquinho não desgostei do filme. As cenas de acção são boas, com a habitual dose de humor que os anteriores filmes nos habituaram. Apesar de bem mais velhinho Harrison Ford continua em boa forma para desempenhar o papel. Aliás "O Reino da Caveira de Cristal" nem pretende esconder a idade de Indiana. A acção passa-se no final dos anos 50 e os inimigos já não são os nazis e sim a União Soviética.

O maior problema está sim, no argumento que é muito fraquinho e tem falta de verosimilhança. Eu sei que num fime que alia a acção e a aventura à fantasia, a verosimilhança é o que menos conta mas ainda assim escapar a uma explosão nuclear dentro de um frigorífico e sair de lá sem ser minimamente afectado por radiações já é demais.

Ainda assim gostei do filme, funciona como uma boa distracção. Além disso ver Cate Blanchett no papel de vilã é mesmo imperdível.


Como estava ali no Saldanha foi um pulinho até chegar ao Parque Eduardo VII para visitar a Feira do Livro de Lisboa.
Lá fui eu conhecer os famosos e polémicos pavilhões da Leya. E comprei três livros baratinhos sobre arte. Já agora quero dar graças pela existência de uma editora chamada Taschen que nos traz bons livros a preços acessíveis. Já quase no fim encontro uma bancada da já extinta Meribérica. Nos velhos tempos eram desta editora as primeiras bancadas que eu procurava para comprar BD. A Meribérica chegou a deter os direitos de prácticamente todos os principais nomes da BD franco-belga.
Tenente Blueberry,
Texto: Charlier
Desenho: Giraud (Moebius)


Agora limitada a uma bancada até me apertou o coração ver livros de colecções que eu demorei anos a juntar, heróis como Valerian, Blueberry, Astérix ou Spirou só para dar um exemplo a preços de um euro. Até o Corto Maltese estava a preço de saldo, claro que não a um euro.

Só de pensar no dinheirão que gastei para comprar todos os meus livros quando ali por cerca de cem euros poderia fazer uma ou duas colecções.
O pior é que não havia nada ao preço de um euro que fosse interessante ou que eu já não tivesse.
Ao fim da tarde dei-me conta que, sem contar com o que andei na feira do livro, acabei por ir a pé de Entrecampos até ao Rossio. Mas eu gosto de andar, acho que é só por isso que não estou gordo :)

16 comentários:

Socrates daSilva disse...

Ó meu amigo, que bem que se está em Lisboa! Livros, filmes, passeios...
Isso é saber aproveitar.
Abraço

Moi disse...

Olá K!

Foi bom ver-te! Apenas porque sim! (ai, a nossa timidez!) Ainda bem!

Um grande Abraço (podia te-lo dado mas... tu viste!) e xis-corações a todos os que por aqui andam!

pinguim disse...

É salutar caminhar, dizes bem e eu envergonho-me de apenas concordar...
Abraço.

Catatau disse...

Ainda não vi o Indiana... Prevejo uma 'cobóiada' prenha de efeitos especiais num mix inconsequente com a eterna visão romântica da arqueologia. Tenho de ir ver, claro.

Astérix(es) a 1 euro?!?! Apesar de ter a colecção quase toda (faltam-me os dois últimos, que já li, mas não me excitam), acho que não resistia e fazia mais uma ou duas para dar aos meus afilhados. Sou doido por Asterix. Aliás, recomendo-o vivamente a quem se está a iniciar ao estudo da Época Clássica, rsrsrsrs. ;)

gitas disse...

Uma tarde bem recheada:)
Beijos

Special K disse...

Sócrates: O problema é só o tempo que não tem estado famoso. é o tipo de clima que mais me irrita. Não se sabe se chove, se faz sol, se está calor ou frio.
Nunca mais vem o Verão.
Um abraço.

Special K disse...

Moi: Foi mesmo bom rever-te. Por falar em timidez, pensei muito em incluir o nosso encontro neste post mas achei que era melhor não o fazer pois não gosto muito de mencionar terceiros sem autorização.
Espero que esteja a correr tudo bem contigo e que regresses em breve ao convívio blogósferico.
Um grande abraço, desta vez virtual.

Special K disse...

Pinguim: Eu gosto muito de andar. Já devo conhecer meia Lisboa a pé :)
Um abraço.

Special K disse...

Catatau: O novo Indiana é mesmo isso. Não aprendes nada mas passa um bom bocado.
Quanto aos novos Astérix dúvido que encontres. O último até acho que já foi editado pela Asa. Aquela bancada era mesmo só pra liquidar os restos da velha Meribérica.
Um abraço.

Special K disse...

Gitas: A quarta-feira é para mim o que é o domingo para as pessoas normais. Por isso tento sempre que sejam bem recheadas.
Beijos

jasmimdomeuquintal disse...

Este fim de semana, tendo em conta que já não vou passear pelo alentejo litoral, vou para a feira do livro... quase a mesma coisa!!!

a disse...

Coincidência, também o vi na quarta.

Dizes bem a Cate Blanchett é imperdível. O argumento é fraquito mas as aventuras do Indy continuam a empolgar-me.

Special K disse...

Jasmim desejo-te um bom passeio e que o tempo colabore.
Um beijo

Special K disse...

A: Quem sabe até não o vimos na mesma sessão?
É mesmo como dizes, o argumento é fraco mas as aventuras do Indi, empolgam sempre.
Um beijo

Luís Galego disse...

Estimado, penso que se seguissem os teus conselhos não era necessário tanta consulta de nutricionismo. Esses passeios pós feira são dos meus preferidos (sim, até eu cujo desporto favorito é o de bancada). Relativamente ao Indiana, só se for na TV (talvez seja preconceito)...Um abraço futuro historiador...

Special K disse...

É verda Luís, e se calhar não havia tanto colesterol. Infelizmente não posso dar grandes caminhadas todos os dias. Seria óptimo para abater os pneus de cerveja. :)
O Indiana é uma paixão de juventude e tinha mesmo que o ver no cinema.
Um abraço