quinta-feira, 15 de maio de 2008

CONFISSÕES DO NEY


"Ao me confessar, o padre logo perguntou: 'Você já fez saliência com as meninas?' Eu disse que não e ele emendou: 'E com meninos?'. Então me perguntei 'E pode?'"

Ney Matogrosso para a revista Rolling Stone

Via: BLITZ

10 comentários:

pinguim disse...

Ele sabia que podia; deve é ter trocado o "f" pelo "p"...

Special K disse...

Pinguim, o engraçado é que ele nesta altura ainda não sabia pois ainda era criança. Pelo menos é o que ele diz. Esta confissão foi feita por alturas da primeira comunhão. Tentei encontrar a entrevista completa online mas não consegui porém os excertos são interessantes. Principalmente quando ele confessa que o Cazuza foi um dos grandes amores da sua vida.
Um abraço.

Catatau disse...

Esta da "saliência" é uma pérola, eh eh eh...
Aposto que o "e pode?" do Ney foi acompanhado de um clarão no espírito e de um esgar de surpresa satisfeita. ;)

Queres ver que o padre acabou por ser um desbloqueador? ;)

Estrelaminha disse...

sou da opinião do Cacatau, o padre fez com que se despoletasse algo mais no Ney.

Socrates daSilva disse...

Por isso é que alguns querem acabar com as confissões...
LOL
Abraço

gitas disse...

Gargalhadas:)
Beijos

Special K disse...

Catatau, também adorei essa da saliência. Meu amigo, acertaste mesmo na mouche. Segundo o próprio Ney foi a partir dali que começou a tomar consciência da sua homossexualidade.
Um abraço.

Special K disse...

estrelaminha, e foi mesmo :)
Um beijo

Special K disse...

Sócrates, não vejo porquê. Adoro imaginar os padres a ouvir todos aqueles pecados, deve ser um fartote :)
Um abraço.

Special K disse...

Gitas: Só mesmo o Ney.
Bjks