segunda-feira, 11 de agosto de 2008

W.



Oliver Stone de regresso aos retratos americanos de que tanto gosta. Estreia em Portugal a 23 de Outubro, poucos dias antes das eleições americanas. Estou curioso para saber o que vai sair dali.

10 comentários:

gitas disse...

Deve ser bastante interessante:)
Beijos

Luís Galego disse...

curioso é a palavra certa...

um abraço

Oz disse...

Também eu... até certo ponto. Confesso que já tive mais paciência para Oliver Stone.
Abraço

pinguim disse...

Oliver Stone é sempre polémico; mas não sei se é possível fazer, desde já, um "retrato" de G.W.Bush, a não ser com intenções particulares; parece-me um pouco permaturo...
Abraço.

Special K disse...

Gitas: Não sei, guardo a minha opinião para depois de ver o filme.
Beijos

Luis Galego: Estou mesmo curioso, vindo do lado de onde vem não estou á espera de uma glorificação do Bush. espero também que não seja muito panfletário. A data de estreia, a escassas semanas das eleições americanas é um indicador muito importante.
Um abraço.


Oz: também há muita coisa que eu não suporto no cinema de Stone, mas se estiver ao nível de filmes como "Salvador", "Platoon" ou "Natural Born Killers" a pena.
Um abraço

Pinguim: Está aí a minha desconfiança, ainda mais porque o filme estreia nos EUA a escassas semanas das eleições. De qualquer modo, depois de "Nixon" e "JFK", completa-se uma trilogia presidencial.
Um abraço.

Maldonado disse...

Também eu, pois é um cineasta pelo qual tenho grande admiração...

Special K disse...

OZ: Claro que queria dizer: Vale a pena. Já agora esqueci-me de mencionar o filme sobre os "Doors" com o Val Kilmer como Jim Morrisson.
Um abraço

Special K disse...

Maldonado: Apesar de certos filmes que não gostei como o Nascido a 4 de Julho é um excelente realizador.
Um abraço

Paulo disse...

sim, sim. promete ser um belo retrato sobre esse homem fantástico em todos os aspectos. para rir, claro.

Special K disse...

Paulo: Só podia mesmo ser para rir.
Um abraço