domingo, 24 de agosto de 2008

É A CULTURA ESTÚPIDO!


Domingo de manhã, à entrada de um dos mais concorridos monumentos do país, um pequeno grupo discute os preços bilhetes:

- 5 euros é muito. - Diz um deles.

- Pai, não vês que é cultura? - Diz o mais jovem do grupo.

- Cultura é prós ricos, 5 euros para ver pedras? Vamos mas é ali ao café beber umas imperiais!

Com tanta cultura achei desnecessário avisá-los que os monumentos e museus nacionais são grátis ao domingo de manhã.

34 comentários:

Maldonado disse...

Não estranho esse episódio, pois já presenciei alguns muito mais infelizes.
É o reflexo da sociedade de consumo que temos, bem como do triste povo que somos... :(

Ophiuchus disse...

O que a ignorância e chico_espertismo faz às carteiras! E às cabeças desta gente... Apanhados de quotidianos bem reais, K. Abraço de consolo.

enginethrobs disse...

És mau...
Deixavas o grupo ir beber imperiais (DE MANHÃ, pasme-se... ou nem por isso?) e depois dizias SÓ ao mais jovem que era de graça... assim ficavam todos satisfeitos... ;)

E imperiais é a cultura do malte...

Paulo disse...

melhor, possivelmente, é impossível! quer do estado da mentalidade quer da valorização da cultura do país. engraçado como o garoto (pelo que percebo) até tentou, mas o pai, e a sua inteligência de esplanada de esquina, é que sabe...
o que o senhor não faria com muito dinheiro que já paguei para ver pedras muito mais "desarrumadas" que as do paço da vila.

abraço

a disse...

Já assistimos a uma cena idêntica no Museu Berardo.

Assim vai este País.

pinguim disse...

Um post que diz tudo, e com um título notável...
Abraço.

Special K disse...

Maldonado: Estes episódios são o pão nosso de cada dia para quem frequenta estes sítios. É o resultado da cultura de estupidificação dos canais generalistas portugueses.
Um abraço

Special K disse...

Ophiuchus: Infelizmente estes apanhados de quotidiano além de reais são tão frequentes que já se tornam banais.
Um abraço

Special K disse...

Engine: Já não era tão cedo assim e o jovem também não ficou muito pesaroso por não visitar o monumento.

Já agora também gosto muito de honrar a "cultura do malte", mas há um tempo para tudo.
:)
Um abraço

Special K disse...

Paulo: Também eu já paguei bem mais caro para ver pedras e não me arrependi nada. Até que os preços dos museus e monumentos nem é assim tão caro. Tens por exemplo o Museu dos Coches, que segundo parece, tem a maior colecção de coches do mundo a um preço bem razoável de cinco euros e se calhar com cartão de professor nem pagas.
O garoto, que já devia ser um jovem dos seus 19, 20 anos bem tentou, mas não ficou muito triste por não entrar.
Um abraço

Special K disse...

A: Se falares com os empregados dos vários museus portugueses todos têm histórias semelhantes para contar.
Beijos

Special K disse...

Pinguim: Obrigado. Um abraço

sp disse...

special: é por gente deste tipo que os cafés e pastelarias crescem como cogumelos em todas as ruas e esquinas das cidades, vilas, aldeias, porta sim, porta sim...
Claro que os dois lugares são importantes, mas 5 euros num museu é caro mas 10 ou 20 euros em cervejolas até que é barato.

Ainda bem que o título do teu post me fez lembrar de um evento mensal no S. Luiz.

Um abraço peludo e matinal.

gitas disse...

Infelizmente há pessoas que não apreciam arte não ligam e são a maior parte do povo.
Beijos

Tongzhi disse...

É a cultura das "bjekas"...
É o país que temos...

enginethrobs disse...

Eu vou ser sincero: só quando vou para o estrangeiro é que vou a museus, sobretudo de arte moderna.
não sou fã do nosso Museu de Arte Antiga nem dos Coches, mas já lá fui...

Da Arrecadação do Berardo, ali no CCB... :)

Arion disse...

Palavras para quê, são artistas portugueses... :( Salve-se a criança, vá-se lá saber até quando...

The Unfurry Swear Bear disse...

isso é que é cultura de legumes, ou pelo menos de pessoas em estado cerebral vegetativo...

Keratina disse...

O que eu já me ri com este post!

lolololol

Smile disse...

Que pais este... Imperiais, futebol e afins... aí o dinheiro não é mal utilizado... pobres de espirito!
Enfim!

papagueno disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Special K disse...

SP: Os 5 euros são realmente caros para o português médio, mas não o são para muitos dos estrangeiros que nos visitam. Talvez por isso a maior parte dos visitantes dos nossos museus e monumentos seja estrangeira.
É também triste, a nível governamental, o cada vez menor investimento na cultura. Já soube que o orçamento do M.C. para este ano foi considerávelmente reduzido. Espero que o governo não se esqueça que este ministério é dos que mais contribui com receitas para o Orçamento de Estado.
Se o governo não investe em cultura não é admirar que o português prefira mandar abaixo uns canecos na tasca da esquina.
Um abraço e desculpa o testamento.

Special K disse...

Gitas, o problema não é as pessoas não apreciarem arte. O problema é a falta de respeito para com a nossa prória identidade histórica e cultural. O dito monumento tem mais de 600 anos e viveu alguns dos grandes momentos da nossa história. Por isso é muito mais que um amontoado de pedras.
Beijos

Special K disse...

tongzhi: Eu também gosto da cultura das "bjekas" mas há coisas mais importantes.
Um abraço

Special K disse...

Engine: Apesar de não concordar com a tua opinião sobre o Museu dos Coches e o de arte Antiga devo dizer que não é crime nenhum não se visitar museus. No entanto repito que é necessário um pouco de respeito pela nossa cultura.
Já agora tens o Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão, um museu, integrado na Gulbenkian, que possui uma excelente colecção de arte moderna portuguesa.
Um abraço.

Special K disse...

arion: olha que o miúdo já não era criança nenhuma, não sei se também foi beber imperiais mas não me pareceu muito desiludido por não ter feito a visita.
Um abraço

Special K disse...

Unfurry: Cultura de legumes? Lol esta blogosfera anda muito gastronómica :D
Um abraço

Special K disse...

Keratina: Só mesmo para rir. Desculpa não visitar tanto o teu blogue quanto gostaria, mas nesta vida louca sempre a acelerar nem sempre tenho tempo para procurar aqueles que me fogem ao Google Reader.
Um beijo e obrigado pelos comentários

Special K disse...

smile: Pobres de espírito? este país este mundo está cheio deles.
Beijos

sp disse...

special: testamento mas com um fundo de verdade incondicional.
mas o português médio não prescinde do carro à porta de casa; de fumar 1 maço de cigarros e 4 cafés por dia; de passar o fim de semana no algarve ou em espanha; dos filhos com 8/12 anos terem 2 telemóveis e tudo isto para os vizinhos e os amigos saberem.
agora a cultura... bah a cultura não dá pão - já escutei tanto esta frase!

um abraço grande.

Special K disse...

Meu caro SP tens toda a razão, vivemos numa cultura de consumismo, a maior parte das vezes com a ostentação como único objectivo.
Um abraço.

Luis disse...

Passo por cá só para deixar um abraço e "sugerir" que o preço da entrada passe de 5 par 6 Euros, mas que tenha uma Imperial incluída. Se calhar seria mais fácil, assim, fazer cultura!

Special K disse...

Luís: Se calhar não era nada má idéia.
Um abraço

Free Porn disse...

E merveyoso!