domingo, 27 de setembro de 2009

QUEER LISBOA 2009



"Ander" de Roberto Castón, o mais que merecido grande vencedor do Queer Lisboa 13. Mais que merecido, é também o prémio de melhor actor para Joxean Bengoetxea, que neste filme interpreta um camponês quarentão que se apaixona por Iñaki, o seu empregado peruano.

Destaque também para a menção especial do juri para o belíssimo "Rabioso Sol Rabioso Cielo" do mexicano Julián Hernández, o mesmo que na edição do ano passado nos trouxe uma das melhores curtas do Festival "Bramadero", que curiosamente é invocada neste filme.

2 comentários:

pinguim disse...

Gostei dos prémios...

Paulo disse...

engraçado, não vi nem um nem o outro. só mesmo Bramadero...

abraço