quinta-feira, 13 de setembro de 2007

RECORDAR NATÁLIA


I

Glorifiquei-te no eterno.
Eterno dentro de mim
fora de mim perecível.
Para que desses um sentido
a uma sede indefinível.

Para que desses um nome
à exactidão do instante
do fruto que cai na terra
sempre perpendicular
à humidade onde fica.

E o que acontece durante
na rapidez da descida
é a explicação da vida.



II

Harmonioso vulto que em mim se dilui.
Tu és o poema
e és a origem donde ele flui.
Intuito de ter. Intuito de amor
não compreendido.
Fica assim amor. Fica assim intuito.
Prometido.




IX

Pusemos tanto azul nessa distância
ancorada em incerta claridade
e ficamos nas paredes do vento
a escorrer para tudo o que ele invade.

Pusemos tantas flores nas horas breves
que secam folhas nas árvores dos dedos.
E ficámos cingidos nas estátuas
a morder-nos na carne dum segredo.

Natália Correia (13 de Setembro de 1923 - 16 de Março 1993)

7 comentários:

RIC disse...

Poesia e poetisa à parte, são lindíssimas as fotos escolhidas!
Parabéns!
Abraço, meu caro! :-)

gitas disse...

A grande Natália sempre sem papas na língua, aqui em belos poemas de amor.
beijos

ivone disse...

o meu aplauso para essa eterna poetisa!

Special K disse...

Meus amigos, era uma homenagem que se impunha no dia em que ela faria 84 anos.

Ivone muito obrigado pela visita, as portas deste meu mundo estão sempre abertas.

Sweet Porcupine disse...

grande special k,

só quem gosta é que a entende!!

Que excelente escolha!.... de tudo!

Beijinhos ouriçados

pinguim disse...

Quanta falta faz Natália neste país...
Era multifacetada, admiro-a por muitas diferentes razões, mas a ela se deve, quando isso era uma raridade, a edição da "Poesia Erótico Satírica Portuguesa"; foi o primeiro "contacto" que tive com ela; curioso também o facto de, em tempo de festival de cinema gay, a ela se ter ficado a dever a organização no extinto Estúdio 444, na Av.Defensores de Chaves, do primeiro esboço de um festival do género no nosso país ( e os tempos eram muito diferentes, não esqueçamos isso).
Abraço.

brother_cub disse...

adoro rosas azuis... parabéns pela escolha dessa foto