terça-feira, 25 de setembro de 2007

IRÃO LIVRE DE "VIADAGEM"


Gay924tm
Colocado por luvnews

Eu sou uma pessoa pacífica mas confesso que há gente que não merece mesmo estar neste mundo.
Mahmoud Ahmadinejad, o polémico presidente Iraniano, esteve em Nova Iorque para participar na Assembleia geral da ONU. Durante uma conferência, quando questionado sobre os homossexuais executados no seu país, limitou-se a responder: "Esse fenómeno não existe no Irão". Toda a sala riu perante tamanha afirmação no entanto o caso é preocupante, se não há homossexuais no Irão então é porque já foram todos executados.

7 comentários:

Anônimo disse...

Decisão tomada. Pára tudo.Mas não aviso.
Beijos
sagitariana

RIC disse...

... E se ainda não foram, estão em vias de ser...
O uso da internet será provavelmente também controlado, ou então muito poucos ousaram desafiar o demo...
Eis os métodos de uma República «revolucionária»... pois... islâmica.
... «Fenómeno», diz ele...
Abraço!

Special K disse...

Ok amiga Sagitariana, espero que seja uma paragem breve. Tudo de bom para ti.
Beijos

Special K disse...

Ricardo, "fenómeno" foi a tradução que eu li na notícia, não sei se ele usou mesmo esse termo mas acredito que sim. O pior é que não é só no Irão em quase todo o mundo mulçulmano mulheres e homossexuais são duramente reprimidos.
Nós queixamo-nos do nosso cantinho à beira-mar e esquecemo-nos que há bem pior.
Um abraço.

brother_cub disse...

bem plll temos de mandar uns qtos disfarçados para tomar o poder no irão... bora formar a vingança do arco iris...

Special K disse...

Olá Brother, seria uma excelente idéia, vamos perverter os valores daquela sociedade.
Um abraço.

pinguim disse...

É destes "políticos" tão convictos das barbaridades que vão debicando, que eu tenho verdadeiramente medo, pois fanatizam as populações e "limpam-nas" de qualquer racionalidade.
Abraço.