sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

TUDO VIRA BOSTA



Olá meus amigos, desculpem a minha ausência mas tenho andado cheio de trabalho. Agora com o primeiro semestre a chegar ao fim devo ter uns diazinhos de descanso. Entretanto tenho andado por este Portugal, cada vez mais desiludido, parece que vivemos num constante Carnaval. Estou farto dos banqueiros que roubam impunemente e dos políticos aldrabões. Em ano de eleições cada vez mais me convenço que no meio desta cambada toda, o melhor mesmo é votar em branco.
Foi a pensar na situação deste país que me lembrei duma música da Rita Lee, penso que vem a propósito.

O ovo frito, o caviar e o cozido
A buchada e o cabrito
O cinzento e o colorido
A ditadura e o oprimido
O prometido e não cumprido
E o programa do partido
Tudo vira bosta...

O vinho branco, a cachaça, o chope escuro
O herói e o dedo-duro
O grafite lá no muro
Seu cartão e seu seguro
Quem cobrou ou pagou juro
Meu passado e meu futuro
Tudo vira bosta...

(Refrão)
Um dia depois
Não me vire as costas
Salvemos nós dois
Tudo vira bosta...

Filé 'minhão', 'champinhão', 'Don Perrinhão'
Salsichão, arroz, feijão
Mulçumano e cristão
A Mercedes e o Fuscão
A patroa do patrão
Meu salário e meu tesão
Tudo vira bosta...

O pão-de-ló, brevidade da vovó
O fondue, o mocotó
Pavaroti, Xororó
Minha Eguinha Pocotó
Ninguém vai escapar do pó
Sua boca e seu loló
Tudo vira bosta...

Um dia depois
Não me vire as costas
Salvemos nós dois
Tudo vira bosta...

A rabada, o tutu, o frango assado
O jiló e o quiabo
Prostituta e deputado
A virtude e o pecado
Esse governo e o passado
Vai você que eu 'tô cansado'
Tudo vira bosta...


Rita Lee

5 comentários:

Arion disse...

Já há muito que tomei a mesma decisão que tu! Abster-me, nunca! Pela primeira vez desde os meus dezoito anos, vou votar em branco! Abraço!

Maldonado disse...

Já estava com saudades da tua presença na blogosfera, mas compreendo os motivos da tua ausência. :)
Aprecio bastante Rita Lee, e esta canção é espectacular.
A política é suja em todo o lado, mas temos que admitir que não existem políticos perfeitos em lado nenhum nem nenhum povo contente com os seus governantes ou políticos...

pinguim disse...

Bem aparecido sejas; fazes falta na blogosfera...
Abraço.

Ophiuchus disse...

Saudadjis dji você, heinn!

È,uma bela merda, esta democracia!

Grande Abraço, K!

Paulo disse...

tenho sentido tanto a tua falta, rapaz! mas é compreensível! o carnaval não era só dois dias? agora é o tempo todo? parece que sim... estamos no bom caminho de tudo virar bosta!

abraços